OBJETIVOS
 
As soluções técnicas que estão a ser desenvolvidas neste projeto têm como base o desenvolvimento de revestimentos edíveis para produtos cárneos, com particular ênfase em artigos de charcutaria fatiados. Para isso serão usados biopolímeros aprovados para consumo alimentar, em combinação sinergística com substâncias de reconhecida capacidade para prolongar o tempo de conservação dos respetivos produtos, podendo estas estar contidas em sistemas de encapsulamento.
 

 

 

 

PARCERIA

 

 

A Primor desenvolveu esta parceria para o desenvolvimento de um novo projeto de investigação com a Universidade de Coimbra (UC). Assim, o projeto COVER-ED envolve uma empresa e uma entidade do sistema científico e tecnológico nacional, sendo que as entidades possuem responsabilidades complementares para cumprir os objetivos do projeto.



Primor Charcutaria Prima S.A. é uma das maiores empresas portuguesas da área alimentar, uma marca 100 % portuguesa, com cerca de 50 anos de experiência em processamento e marketing de produtos à base de processados de carne de porco e carne de aves, tais como fiambre, bacon e chouriços tradicionais.

Com uma forte componente de inovação, com foco na funcionalidade dos produtos, a Primor tem sido reconhecida com vários prémios. O portfólio de produtos inovadores inclui alguns projetos de Investigação e Desenvolvimento, desenvolvidos em parceria com entidades científicas nacionais, em particular os projetos Primor_AP, Valorintergador, Extrasliced45 e Pigs+Care.



Equipa de Inovação do Grupo Colling da Universidade de Coimbra é formada por especialistas criativos na área da nanotecnologia, química-física de polímeros e tensioativos.

Esta Equipa desenvolve novas soluções de valor acrescentado para empresas, baseadas em avanços científicos, tendo até ao momento concretizado mais de 50 projetos com empresas nacionais e internacionais.
 

 

 

 

PROJETO

 

O projeto COVER-ED, da tipologia de Investigação e Desenvolvimento, é um projeto de Co-promoção, financiado pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional, através do Programa Operacional de Competitividade e Internacionalização (POCI), e do Quadro de Referência Estratégica Nacional (QREN) – Sistema de Incentivo à Investigação e Desenvolvimento Tecnológico, com um investimento de € 772 789,04 e com um incentivo de € 494 032, 12.

Para o desenvolvimento deste projeto uma equipa multidisciplinar de investigadores, especializados em áreas técnicas da componente alimentar, tais como, engenharia, bioquímica, microbiologia, biotecnologia, engenharia de materiais, qualidade, processo e gestão de projeto, está a desenvolver um conjunto de atividades, desde uma fase inicial, respeitando as especificações técnicas dos produtos e materiais a desenvolver, até à definição de novos conceitos de materiais, e à sua construção de forma a produzir os protótipos finais, validados por testes e ensaios, assim como a disseminação de resultados.

 


Características Inovadoras Unidade de medida  Situação no Mercado  Objetivos do Projeto  Importância Relativa (%)
Melhoramento da conservação de produtos cárneos, aumentando a segurança alimentar.  Dias 35 dias em atmosfera protetora em embalagens com barreira 35 dias sem atmosfera protetora em embalagens potencialmente sem barreira 50 
Redução do volume de plástico utilizado em cada embalagem por diminuição da espessura do filme-barreira % de redução Filme barreira dispendioso, necessário para a conservação dos produtos alimentares Redução da barreira do filme da embalagem entre 10% e 50%  20 
Redução de desperdícios plásticos % de redução Embalagens em plásticos não biodegradáveis Redução entre 10% e 50% na massa de plásticos não biodegradáveis utilizados   15
Redução de desperdícios alimentares Conservação das características após abertura da embalagem  3 Dias 35 dias após o embalamento, independentemente da data da abertura da embalagem   15


 

 

 

 

NOTÍCIAS

 

 


RTP NOTÍCIAS

Novo método alarga validade de fiambre e outras carnes sem comprometer qualidade.

TVI 24

Afinal, o fiambre pode durar mais do que diz agora o prazo de validade.

SAPO 24

Método inédito aumenta prazo de validade do fiambre fatiado sem comprometer qualidade.

VISÃO

Cientistas portugueses prolongam vida de prateleira do fiambre.

NOTÍCIAS UC

Método inovador resolve problema da indústria alimentar

JORNAL DE NOTÍCIAS

Portugueses prolongam validade do fiambre.

NOTÍCIAS DE COIMBRA

Investigadores da UC aumentam prazo de validade do fiambre!

MOOD

Investigadores portugueses desenvolvem método inovador que permite prolongar prazo do fiambre.

PORTO CANAL

Novo método alarga validade de fiambre e outras carnes sem comprometer qualidade.

CÂMARA DO COMÉRCIO

Novo método desenvolvido em Portugal aumenta a validade das carnes processadas.

PORTUGAL FOODS

Novo método aumenta validade de fiambre e outras carnes sem comprometer qualidade.


 



 

 

 

 

CONTACTOS

 

 

 
PROMOTOR LÍDER

PRIMOR CHARCUTARIA – PRIMA S.A.
Avenida Santiago de Gavião, 1142
4760-003 Vila Nova de Famalicão – Portugal

Telefone: +351 252 308 900
Fax: +351 252 375 638
e-mail: fatima.carvalho@primor.pt
PROMOTOR

UNIVERSIDADE DE COIMBRA
Departamento de Química
Rua Larga
3004-535 Coimbra – Portugal

Telefone: +351 239 852 080
e-mail: colling@colling.pt | fcea@ci.uc.pt
 

© 2019 - PRIMOR | Powered by Boomer